Cinemateca do MAM apresenta a estreia do documentário “Dos antigos aos filhos do amanhã”

Com direção de Leonardo A. Gelio, cineasta e fotógrafo interessado em questões socioambientais, o filme aborda a luta pela manutenção da cultura caiçara na comunidade de Trindade, em Paraty, Rio de Janeiro. O evento de estreia irá celebrar esta cultura tradicional integrada ao meio ambiente, com música, pintura, ecologia, mostra de fotografia e gastronomia vegana. A exibição do filme será seguida de debate.

A Cinemateca do MAM apresenta no próximo dia 29 de agosto de 2019, a partir das 18h, com entrada gratuita, o evento de estreia do documentário “Dos antigos aos filhos do amanhã”, de Leonardo A. Gelio. Com 30 minutos de duração, o filme aborda a luta pela manutenção da cultura caiçara na vila de Trindade, no município de Paraty, no Rio de Janeiro, acompanhando a construção da sua tradicional canoa, um saber transmitido oralmente por séculos, e que sofre com a possibilidade de extinção. “A canoa é um traço fundamental do modo de vida das comunidades originárias do litoral, e faz parte dos bens que recentemente conferiram à região o título de patrimônio cultural e natural da humanidade pela UNESCO”, explica Leonardo. “A partir de Seu Vitor, o mais respeitado mestre-canoeiro da região, resgatamos a importância histórica e cultural de construção da canoa como símbolo de resistência”. O diretor observa que a vila caiçara de Trindade é uma das últimas a resistirem à especulação imobiliária desde a construção da rodovia Rio-Santos, e “segue sofrendo com imposições governamentais que dificultam a construção de novas canoas”. 

O evento gratuito terá a presença dos protagonistas do filme, como o mestre-canoeiro Seu Vítor, e abrangerá várias atrações, como uma apresentação da banda Voz da Natureza (composta por músicos de Trindade) – em um programa com as canções da festa típica folia de reis – e do músico Eric Camargo, compositor da trilha sonora do filme. A pintora e atriz Pally Siqueira, autora do cartaz do documentário, pintará na hora telas sobre as cinco espécies raras de árvores adequadas para a confecção da canoa caiçara. As mudas dessas árvores estarão expostas, e serão plantadas posteriormente em Trindade. Haverá ainda uma exposição de fotografias com registros feitos por Bruno Machado e Leonardo A. Gelio, daquela comunidade. A estrutura e montagem do evento serão feitas de modo sustentável, com reuso e reciclagem, com o apoio do coletivo Stone House.

 

DEBATE

Após a exibição do filme será realizado um debate com participação do diretor e de Robson Possidônio, pescador, aprendiz canoeiro do Seu Vitor, presidente da Associação de Moradores da Trindade (AMOT) e membro do Fórum de Comunidades Tradicionais; Hernani Heffner, conservador-chefe da Cinemateca do MAM Rio; Nina Braga, socióloga e psicóloga com pós-graduação em Antropologia Social pela UFRJ e diretora do Instituto E; e mediação de Sergio Mota, doutor em Letras e professor de Comunicação Social na PUC Rio. 

 

PROGRAMAÇÃO

18h – Apresentação do grupo Voz da natureza, de folia dos reis, música tradicional caiçara de Trindade, com participação de Eric Camargo, da banda Baltazar, compositor da trilha sonora do filme;

A artista Pally Siqueira, autora do cartaz do documentário, pintará ao vivo telas retratando as cinco espécies de árvores mais adequadas para a construção da canoa caiçara.

Exibição das cinco espécies de mudas das árvores.

Exposição de fotografias sobre a cultura caiçara de Trindade, em registros de Bruno Machado e Leonardo A. Gelio.

 

20h30 – Exibição do filme + debate

 

Serviço: estreia do documentário “Dos antigos aos filhos do amanhã”, de Leonardo A. Gelio

29 de agosto de 2019, a partir das 18h

Entrada gratuita [sujeita à lotação]

Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro

Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85

Parque do Flamengo – Rio de Janeiro – RJ 20021-140

Telefone: 21. 3883.5600

www.mamrio.org.br

 

Da Redação
Fonte: CWeA Comunicação
Foto: Bruno Machado

Siga-nos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *