O Mágico de Oz, musical em homenagem a Arlindo Cruz, e outros – IMPERATOR

Quarta, dia 17 de julho, a cantora e compositora Dolores Duran será
homenageada em show beneficente que reúne nomes como Ney Matogrosso e Dóris Monteiro.

Uma tarde em prol da solidariedade à família de uma das maiores cantoras da noite carioca; no dia 19, estreia o espetáculo “Quando a Gente Ama”, em homenagem ao sambista Arlindo Cruz. Com Cris Vianna e Alexandre Moreno, o musical fala de amor ao som de grandes sucessos como “Casal Sem Vergonha” e “O Show tem que Continuar”; no sábado, o clássico infantil “O Mágico de Oz” chega ao Imperator para divertir e emocionar toda a família; e no domingo, a Feira Veg Borázinha, versão mini da feira Veg Borá, com atividades infantis, gastronomia, moda e cosméticos veganos.

 

UMA TARDE PARA DOLORES DURAN E FAMÍLIA

Uma grande cantora e compositora à frente do tempo que se foi muito cedo. Uma família que passa dificuldades financeiras. Um grande elenco da MPB disposto a ajudar. Esta é síntese de “Uma tarde para Dolores Duran e família”, show beneficente que reúne um grande elenco de jovens e veteranos, dirigido e apresentado pelo biógrafo da cantora, Rodrigo Faour.

Dolores Duran foi uma grande cantora da noite carioca e da Rádio Nacional, e principalmente nos últimos três anos de vida descobriu-se grande poeta e compositora cunhando uma obra imortal. Infelizmente, se foi muito cedo, aos 29 anos, há exatos 60 anos. Ela deixou uma filha adotiva que lhe daria três netos, hoje em dificuldades.

Do ícone Ney Matogrosso a cantores-atores como Soraya Ravenle que se revelou há exatos 20 anos justamente no musical “Dolores”, Cláudio Lins, Gottsha e as ex-Frenéticas Dhu Moraes e Sandra Pêra, veteranos como Dóris Monteiro, Áurea Martins, Ellen de Lima, Luciene Franco e João Roberto Kelly, jovens talentos como Ana Costa, Júlio Estrela e Júlia Vargas são alguns nomes já confirmados. Terá também a presença da irmã da homenageada, Denise Duran e
sua sobrinha-cantora Izzy Gordon, que residem em São Paulo, e virão especialmente para o evento. Também no palco, seu biógrafo Rodrigo Faour contará curiosidades sobre a carreira da cantora e conduzirá a apresentação estelar.

Serviço:
Evento: UMA TARDE PARA DOLORES DURAN E FAMÍLIA
Data: 17 de julho
Horário: Quarta-feira, às 16h | Abertura da casa: 1h antes do evento
Local: Centro Cultural João Nogueira – Imperator (Teatro)
Endereço: Rua Dias da Cruz, 170 – Méier
Valor do Ingresso: Plateia inferior e balcão -R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia)
Local de venda: Bilheteria do Centro Cultural, Terça e Quarta: 13h às 20h30;
Quinta a sábado: 13h às 21h30; Domingo: 13h às 19h30. Ou através do site ingressorapido.com.br
Classificação: Livre
Duração do espetáculo: 60 minutos
Informações: (21) 2597-3897 (das 9h às 12h/13h às 18h). Exceto Feriados.

 

“QUANDO A GENTE AMA”, MUSICAL EM HOMENAGEM A ARLINDO CRUZ

A peça “Quando a gente ama” realiza temporada no Imperator – Centro Cultural João Nogueira, de 19 de julho a 4 de agosto, no Rio de Janeiro. O elenco, formado por Alexandre Moreno, André Muato, Cris Vianna, Édio Nunes, Lu Fogaça, Rodrigo França e Vilma Melo, canta os altos e baixos do amor, a partir do repertório do sambista Arlindo Cruz e parceiros na maior casa de espetáculos da Zona Norte do Rio. O público poderá ouvir grandes sucessos como “Casal Sem Vergonha”, “O Show tem que Continuar” e “O Que é o Amor”
entre outros. O texto é de João Batista e a produção é de Bruno Mariozz, da Palavra Z.

O elenco é acompanhado por cinco músicos que animam uma roda de samba em cena. “Quando a gente ama” tem dez histórias curtas, cada uma delas relacionada a uma canção do repertório de Arlindo Cruz, a quem o espetáculo é dedicado. A ideia de levar o repertório dele para os palcos surgiu numa quadra de escola de samba.

“Quando o grupo que animava a feijoada tocou ‘O que é o amor’, a quadra inteira cantou junto. As expressões de cada pessoa pareciam indicar o que aquela música representava nas suas histórias pessoais. Pensei nessa identificação que se estabelece a partir das canções de Arlindo, e decidi homenageá-lo. A intenção também é lançar um olhar diferente sobre a ideia de musical brasileiro, tendo como ponto de partida o samba”, diz João Batista.

A peça não é apenas para familiares e para fãs de Arlindo Cruz, tão pouco só para interessados em conhecer sua biografia. “Quando a gente ama” é sobre o amor em várias de suas facetas, pontos de vista, possibilidades, momentos e, por isso, é para o homem lembrar-se de que é homem, propondo, assim, arte da melhor qualidade.

Serviço:
QUANDO A GENTE AMA, MUSICAL EM HOMENAGEM A ARLINDO CRUZ
Data: De 19 de julho a 04 de agosto
Horário: Sextas e sábados, às 20h. Domingos, às 19h
Local: Centro Cultural João Nogueira – Imperator (Teatro)
Endereço: Rua Dias da Cruz, 170 – Méier
Valor do Ingresso: Plateia inferior e balcão: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
Local de venda: Bilheteria do Centro Cultural, Terça e Quarta: 13h às 20h30;
Quinta a sábado: 13h às 21h30; Domingo: 13h às 19h30. Ou através do site ingressorapido.com.br
Classificação: 14 anos
Duração do espetáculo: 90 minutos
Informações: (21) 2597-3897 (das 9h às 12h/13h às 18h). Exceto Feriados.

O MÁGICO DE OZ
O Clássico infantil “O Mágico de Oz” pelos olhos da Cia. Erthal de teatro é um espetáculo musical, com músicas originais escritas por Marcos Assunção, o espetáculo que vem para divertir e emocionar toda a família. Após sobreviver a um misterioso ciclone, a menina Dorothy vai parar em uma terra muito distante, conhecida como a Terra de Oz, que é habitada por criaturas fantásticas como bruxas boas e malvadas, Munchkins e três personagens que tornam-se grandes amigos de Dorothy: Um espantalho que quer ter um cérebro, o Homem de lata que sonha em ter um coração e o Leão covarde, que está à procura de coragem. O espetáculo é inesquecível aos olhos de crianças e adultos que assistem.

Serviço:
Evento: O MÁGICO DE OZ
Data: De 20 de julho a 04 de agosto
Horário: Sábados e domingos, às 16h
Local: Centro Cultural João Nogueira – Imperator (Teatro)
Endereço: Rua Dias da Cruz, 170 – Méier
Valor do Ingresso: Plateia inferior e balcão: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Local de venda: Bilheteria do Centro Cultural, Terça e Quarta: 13h às 20h30;
Quinta a sábado: 13h às 21h30; Domingo: 13h às 19h30. Ou através do site ingressorapido.com.br
Classificação: Livre
Duração do espetáculo: 60 minutos
Informações: (21) 2597-3897 (das 9h às 12h/13h às 18h). Exceto Feriados.

 

FEIRA VEG BORÁZINHA
Versão mini da feira Veg Borá, com atividades infantis. Uma feira
gastronômica vegana, com cunho social que a cada edição é revertida parte da renda para uma ONG de proteção animal, e disponibiliza alguns stands para outras que tenham bazar e queiram participar para arrecadar fundos. São na maioria barracas de comida e bebida, mas também possui algumas de cosméticos, moda e arte.

Na parte gastronômica, todos os pratos de consumo imediato são vendidos até R$ 20,00. Todos os expositores são pequenos produtores. É estimulada a compra direta, sem intermediários, de quem produz para quem vai consumir.

A ideia é levar os produtos veganos, de forma acessível, a todos que queiram conhecer essa ideologia de não sofrimento animal.

Serviço:
Evento: FEIRA VEG BORÁZINHA
Data: 21 de julho
Horário: 12h
Local: Centro Cultural João Nogueira – Imperator (Terraço)
Endereço: Rua Dias da Cruz, 170 – Méier
Valor do Ingresso: Gratuito
Classificação: Livre
Duração: 6 horas
Informações: (21) 2597-3897 (das 9h às 12h/13h às 18h). Exceto Feriados.

Por: Luisa Dupont
Foto: Quando a Gente Ama
Por: Marcus Gullo

Siga-nos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *