HQ transforma figuras mitológicas amazônicas em guardiões da floresta

HQ traz a história do índio Anhangá, um defensor da floresta, rejeitado por sua própria tribo

Uma história em quadrinhos (HQ) produzida por artistas da House 137 Studio transformou figuras mitológicas indígenas em personagens centrais da obra “Amazônidas: Guardiões das Florestas”. O projeto foi contemplado por meio do edital de Conexões Culturais 2017, da Prefeitura de Manaus, e traz a história do índio Anhangá, um defensor da floresta rejeitado por sua própria tribo.

Ademar Vieira e Paulo Teles Yonami assinam o roteiro da obra, com argumento e letras de Yonami. “Amazônidas” conta ainda com desenhos de Thiago Vale, arte final de Emanuel Braga e cores de Marcos Martins, em uma produção da House 137.

“Os desenhos estão muito legais, acredito que o público irá curtir. Nós fizemos um apanhado, organizamos referências, não apenas da cultura indígena, mas também do cristianismo, com a Divina Comédia, obra de Dante Alighieri, para auxiliar na estrutura da trama do livro e o resultado final ficou muito, muito legal mesmo”, explicou Yonami.

Na manhã do último dia 18 de dezembro, a House 137 promoveu uma exposição no Kalena Café, zona Centro-Sul, com páginas de “Amazônidas”. Quem compareceu ao local ganhou um exemplar da HQ. A iniciativa foi em contrapartida ao apoio da Prefeitura de Manaus.

Além disso, ainda em contrapartida, o studio distribuiu 480 exemplares em escolas públicas de Manaus. Quem tiver interesse em adquirir uma HQ de “Amazônidas: Guardiões das Florestas” pode entrar em contato com o studio por meio da rede social Instagram: @house_137.

 

Da Redação
Fonte: D24AM

Siga-nos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *