A importante HQ: Guarani – A terra sem mal, chega ao Brasil pela Comix Zone

Editora Comix Zone, não é de hoje, vem realizando um importante resgate histórico nos quadrinhos. Está sendo assim com as obras Capa Preta e Mundo Pet, ambos do Lourenço Mutarelli e com obras como Paracuellos de Carlos Giménez. E agora a editora traz um importante, e sangrento, evento da história sul americana que é muito… digamos… deixada de lado ou esquecida de propósito, por muitos brasileiros: Batalha de Acosta Ñu, imortalizada na HQ Guarani -A Terra Sem Mal dos argentinos Diego Agrimbau (roteiro) e Gabriel Ippóliti (arte).

Batalha de Acosta Ñu, que em 2019 completou 150 anos, aconteceu quase no apagar das luzes da Guerra do Paraguai, quando o Paraguai enfrentou os Exércitos do Brasil, da Argentina e do Uruguai. Que você aprende na escola como Tríplice Aliança. Durante os cinco anos de conflito estima-se que foram mortos entre 200 mil e 300 mil paraguaios, 80% eram homens.

Foi quando o governo Paraguaio recrutou crianças na idade de 6 até 14 anos e os enviaram para o front de batalha. Existem relatos de crianças desesperadas no campo de batalha, agarrando nas pernas dos soldados brasileiros, chorando pedindo que não os matassem e eram degoladas no ato. Em O Guarani – A Terra Sem Mal, A Batalha de Acosta Ñu foi testemunhada pelo fotografo francês Pierre Duprat, que veio para o continente com o pretexto da etnografia, suas fotos se destinam ao público parisiense ávido pelas belezas nativas… mas o exotismo e a aventura darão rapidamente lugar ao horror.  E é em cima desse olhar que a trama de se desenrola.

Guarani – A Terra Sem Mal em acabamento de luxo, com formato grande, capa dura com verniz localizado, 128 páginas em cores, impressas em papel couché de alta gramatura, além de um marcador de páginas exclusivo. A tradução é do Thiago Ferreira.

A edição já se encontra em pré-venda na Amazon com um desconto de 30%.

 

Por: Ricardo Ramos
Torre de Vigilância

Siga-nos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *